Páginas

Guerra dos Farrapos

Guerra dos Farrapos

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

SE NAO LER ATE O FINAL NAO CONTRA ARGUMENTE! ( IF NOT READ UNTIL THE END NOT AGAINST Argue! )


Vejo que muitas pessoas estão em todo momento que há algo errado com nosso mundo, vejo pessoas dizerem que algo precisa mudar, porém ninguém consegue sair de casa, ninguém consegue tirar a bunda do sofá, más reclamar reclama bem, ate demais.
Há anos venho observando que quanto mais temos mais queremos ter, insaciavelmente buscamos felicidade nas coisas que podemos adquirir, porém nunca alcançamos essa tal felicidade, atingimos algo superficial quando compramos algo novo no shopping ou nos embriagamos enquanto assistimos espetáculos circenses em coliseus que hoje são chamados de estádios. Fugimos da realidade como se estar nela fosse uma prisão, ansiamos por liberdade, porém não estamos encarcerados.
Enquanto eu crescia vi várias facetas de um planeta que todos os anos caminhava para a destruição, porém vejo-me de pé hoje e vivo para ver que o que se destruiu foi à sociedade, os valores dos verdadeiros sentimentos, da honra, caráter e da família. Durante 29 anos tenho visto a música que passou pela época de ouro hoje mais parece um “louco com Alzheimer”.
Pessoas andam nas ruas e passam umas pelas outras sem se olharem, trabalham feito robôs e quando chegam em casa, ficam em frente a telas de LCD feito zumbis.
Tantas coisas e exemplo eu poderia estar citando neste texto apenas para chegar ao ponto que é, será que tudo que foi invertido e nossas preguiças de mudarmos qualquer coisas nãos se resumem apenas a programação de nossa televisão? Que de segunda a sexta ficamos em programações como novelas e bigbrother e programas fúteis de supermodelos que não passam nada além de coisas completamente sem o menos adianto para nossas vidas, nunca percebemos que 50% é programação lixo enquanto os outros 50% são propagandas de empresas gorduchas. Nunca paramos para pensar que de segunda a sexta da hora em que todos estão em casa após um dia de estudos ou trabalhos vemos novelas da hora que ligamos a tevê até a hora de dormir com apenas um ora de jornal por dia numa programação de 24 horas? Mesmo assim com informações manipuladas, mentirosas e tendenciosas. Aos sábados e domingos nossas programações com a família são baseadas em bebidas alcoólicas, espetáculos circenses em coliseus e programas de auditórios com conteúdo hipócrita e de falso moralismo.
Tem muito mais o que se dizer, porém isto não é um livro.
Muitas pessoas não enxergão isso, muitas outras falarão que estou drogado ou louco por dizer isso. Poucas entenderão de primeira que apenas quero dizer, que culpamos as drogas por conta dos jovens, ao rock pela rebeldia, aos políticos pela corrupção, ao marido ou esposa pelo destroço no lar, porém nunca iremos querer culpar-nos a nos mesmos por passarmos 45% de nossas vidas vendo televisão, 45% trabalhando (cuidando do que não é nosso), e apenas 10% empregamos em nos mesmos ou em quem dizemos amar.
Se acharem que estou a falar lorota, ou que não acredita no que eu digo, proponho o seguinte...
Passemos uma semana inteira de sete dias sem ao menos ligar a televisão nem para saber quantos graus está fazendo e durante esta semana insuportável de descontrole mental por não estarmos alimentando nosso vicio, (sim porque dizemos que o drogado ou viciado não sabe se controlar, mas e nos?). Vejamos onde está nosso descontrole, nossa cegueira, nossa falta de compromisso com a verdade, nossa falta de conversa com os vizinhos, às vezes nem sabemos o nome do vizinho. Vejamos onde está essa falta de liberdade a que sempre sentimos, más nunca vemos, onde está a nossa estupidez e nossa ignorância afinal, será que ninguém nunca quis saber? Passem sete dias sem televisão e vejam com seus próprios olhos a prisão em que a sociedade se encontra e a verdade por trás das câmeras que nunca vemos.
E o melhor se nada disso der certo pelo menos com toda ignorância que todos têm ainda podem voltar a este post e dizer que eu estava errado e você estava certo a meu respeito.

#Yakuza
_________________________________________________________________________

I see that many people are in every moment there is something wrong with our world, I see people say that something needs to change, but no one can leave home, no one can take away the ass of the couch, poor complain complains well, even too much.For years I have observed that the more we want to have more, insatiably seek happiness in things that we can acquire, but never attained such happiness that we achieved something superficial when we buy something new at the mall or in embriagamos while watching circus shows in coliseums that are now called stadiums. We fled from reality as if it would be a prison, yearn for freedom, but we are not incarcerated.As I grew I saw many facets of a planet that every year headed for destruction, but I find myself standing today and live to see that what was destroyed society, the values ​​of true feelings, honor, character and family. For 29 years I have seen the music that went through golden age now looks more like a "mad with Alzheimer's."People walk in the streets and run into each other without looking, and robots work done when they come home, stand in front of the LCD screens made zombies.So many things and example I could be quoting this text just to get to that point is, is that everything was reversed and we change any of our sloths noes things boil down to just our television programming? That Monday through Friday schedules as we get into novels and bigbrother and futile programs of supermodels who do not pass anything but completely without the least things to our lives go forward, never realize that 50% is junk programming while the other 50% are advertisements for companies chubby. We never stop to think that Monday through Friday time when everyone is at home after a day of work or studies novels we see time we turn on the TV until bedtime now with only one newspaper per day in a 24-hour schedule ? Still with manipulated information, misleading and biased. On Saturdays and Sundays our schedules with family are based on alcoholic beverages, circus shows in coliseums and auditoriums programs with content hypocritical and false morality.It has much more to say, but this is not a book.Not many people mattress so many others who speak'm stoned or crazy for saying that. Few understand first just want to say that we blame drugs on behalf of young people, to rock the rebellion, the political corruption, the husband or wife at home in the wreck, but we never want to blame us for the same move 45 % of our lives watching television, working 45% (taking care of what is not ours), and only 10% employ in ourselves or whom we say love.If you think I'm talking fib, or do not believe what I say, I propose the following ...Let us go a whole week of seven days without even turning on the television or to find out how many degrees are doing this week and unbearable mental disarray because we are not feeding our addiction, (we say yes because the junkie or addict does not know whether to control, but and?). Let's see where our uncontrolled, our blindness, our lack of commitment to truth, our lack of conversation with neighbors, sometimes we do not know the name of the neighbor. Let's see where this lack of freedom always felt that, evil never see, where is our stupidity and our ignorance after all, would anyone ever wanted to know? Spend seven days without television and see with their own eyes the prison in which the company is and the truth behind the scenes that we never see.And best if all else fails at least with all ignorance that everyone can still come back to this post and say that I was wrong and you were right about me.
# Yakuza