Páginas

Guerra dos Farrapos

Guerra dos Farrapos

domingo, 10 de março de 2013

Um dia você aprende ( One day you learn )


Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes, não são promessas. E comeca a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.

E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.

Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo. E aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam... E aceita que não importa quao boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso. Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.

Descobre que leva-se anos para construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas em um instante, das quais se arrependerá pelo resto da vida.

Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias. E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem da vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher.

Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam, percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos. Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa - por isso, sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas, pode ser a ultima vez que as vejamos.

Aprende que as circunstâncias e os ambientes tem influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser. Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto.

Aprende que não importa onde já chegou, mas onde está indo, mas se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar serve.

Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem dois lados.

Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências.

Aprende que paciência requer muita prática. Descobre que algumas vezes, a pessoa que você espera que o chute quando você cai, é uma das poucas que o ajudam a levantar-se.

Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas, do que com quantos aniversários você celebrou.

Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha.

Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens, poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.

Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame, não significa que esse alguém não o ama com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.

Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo.

Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado.

Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte.

Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás. Portanto, plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores.

E você aprende que realmente pode suportar... que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida! ( William Shakespeare )
_________________________________________________________________

After awhile you learn the difference, the subtle difference between holding a hand and chaining a soul. And you learn that love does not mean leaning and company does not always mean security. And you begin to learn that kisses are not contracts and presents are not promises. And begins to accept your defeats with your head up and your eyes ahead, with the grace of an adult, not the grief of a child.

And you learn to build all your roads on today because tomorrow's ground is too uncertain for plans, and futures have a way of falling down in mid-flight.

After a while you learn that sunshine burns if exposed for long. And you learn that no matter how much you care, some people just do not care ... And accept that no matter how good a person is, it will hurt you once in a while and you must forgive them for that. You learn that talking can relieve emotional pain.

Discovers that it takes years to build trust and only seconds to destroy it, and you can do things in an instant, from which you will regret for life.

Learns that true friendship continues to grow even over long distances. And what matters is not what you have in life, but who you have in life. And that good friends are the family that allowed us to choose.

Learn not have to change friends if we understand that friends change, realize that your best friend and you can do anything or nothing and have good times together. Discovers that the people you care about most in life are taken from you so quickly - so we should always leave loved ones with loving words, it may be the last time we see them.

Learns that circumstances and environment influences us, but we are responsible for ourselves. You start to learn that you should not compare with others, but the best it can be. You discover that it takes a long time to become the person you want to be, and that time is short.

You learn that no matter where you have reached, but where you're going, but if you do not know where you're going, anywhere will do.

You learn that either you control your acts or they will control, and that being flexible does not mean being weak or have no personality, because no matter how delicate and fragile the situation is, there are always two sides.

You learn that heroes are people who did what was necessary to facing the consequences.

You learn that patience requires much practice. You discover that sometimes, the person you expect to kick you when you fall, is one of the few that help you get up.

You learn that maturity has more to do with what types of experiences you had and what you learned from them, than with how many birthdays you've celebrated.

He learns that there is more of your parents in you than you thought.

You learn that you should never tell a child that dreams are silly, few things are as humiliating and would be a tragedy if she believed it.

You learn that when you are angry has the right to be angry, but that does not give you the right to be cruel. Realize that just because someone does not love you the way you want love, does not mean that someone does not love you with everything we can, because there are people who love us, but just do not know how to show or live that.

You learn that it is not always enough to be forgiven by someone, sometimes you have to learn to forgive himself.

You learn that with the same harshness you judge, you will be sentenced sometime.

You learn that no matter how many pieces your heart was broken, the world does not stop for you to fix it.

You learn that time is not something you can turn back. So plant your own garden and decorate your own soul, instead of waiting for someone to bring you flowers.

And you learn that you really can endure ... You really are strong, and that can go a lot farther than you think you can not anymore. And that life really has value and that you have value in life!

( William Shakespeare )

terça-feira, 5 de março de 2013

SORTE DO DIA: ( LUCK OF THE DAY: )


Você é você suas experiências.
Você é o que tem coragem de fazer e o que tem coragem de recusar. Você é a soma das escolhas certas e erradas que fez.
Ninguém vai viver por você, logo não pode julgar o que você decidir viver.
Você é única. Pode fazer o que quiser, desde que assuma as consequências e aceite que nem todos querem o mesmo.
Você é fruto do que ousou arriscar, mas pode ser o retrato do que teve medo de tentar.
Então o melhor é fazer o que achas que será bom pra ti e para os teus. Se por ventura não for bom, pelo menos descobrirá para não repetir.
Você pode e deve descobrir as nuances de seu corpo, seus limites e até onde pode ir.
Mas faça sempre a escolha por si mesma.
por isso digo.
Quem estiver com você, lhe aceitará como és e certamente quando não compactuar, lhe dirá isso na sua frente e não nas suas costas como fazem os falsos amigos.
No mais é viver a vida e ser Feliz sempre que possível! 
__________________________________________________________________________

 You are you their experiences.
You are what have the courage to do that and have the courage to refuse. You are the sum of right and wrong choices they made​​.
Nobody will live for you, so can not judge what you decide to live.
You are unique. You can do whatever you want, as long as you take the consequences and accept that not everyone wants the same.
Fruit than you dared to risk, but may be the picture that was afraid to try.
So it is best to do what you think is good for you and yours. If perchance not good, at least not to repeat discover.
You can and should discover the nuances of his body, its limits and how far you can go.
But always make the choice for herself.
so I say.
Who is with you, and you accept as're certainly not condoning when, will tell you this in front and not behind their backs as do false friends.
No more is to live life and be happy wherever possible!

domingo, 3 de março de 2013

SEJA UM IDIOTA ( BE AN IDIOT )


A idiotice é vital para a felicidade.

Gente chata essa que quer ser séria, profunda e visceral sempre. Putz! A vida já é um caos, por que fazermos dela, ainda por cima, um tratado? Deixe a seriedade para as horas em que ela é inevitável: mortes, separações, dores e afins.


No dia-a-dia, pelo amor de Deus, seja idiota! Ria dos próprios defeitos. E de quem acha defeitos em você. Ignore o que o boçal do seu chefe disse. Pense assim: quem tem que carregar aquela cara feia, todos os dias, inseparavelmente, é ele. Pobre dele.


Milhares de casamentos acabaram-se não pela falta de amor, dinheiro, sexo, sincronia, mas pela ausência de idiotice. Trate seu amor como seu melhor amigo, e pronto.


Quem disse que é bom dividirmos a vida com alguém que tem conselho pra tudo,soluções sensatas, mas não consegue rir quando tropeça?


hahahahahahahahaha!...


Alguém que sabe resolver uma crise familiar, mas não tem a menor idéia de como preencher as horas livres de um fim de semana? Quanto tempo faz que você não vai ao cinema?


É bem comum gente que fica perdida quando se acabam os problemas. E daí,o que elas farão se já não têm por que se desesperar?


Desaprenderam a brincar. Eu não quero alguém assim comigo. Você quer? Espero que não.


Tudo que é mais difícil é mais gostoso, mas... a realidade já é dura; piora se for densa.


Dura, densa, e bem ruim.


Brincar é legal. Entendeu?


Esqueça o que te falaram sobre ser adulto, tudo aquilo de não brincar com comida, não falar besteira, não ser imaturo, não chorar, não andar descalço,não tomar chuva.


Pule corda!


Adultos podem (e devem) contar piadas, passear no parque, rir alto e lamber a tampa do iogurte.


Ser adulto não é perder os prazeres da vida - e esse é o único "não" realmente aceitável.


Teste a teoria. Uma semaninha, para começar.


Veja e sinta as coisas como se elas fossem o que realmente são:

passageiras. Acorde de manhã e decida entre duas coisas: ficar de mau humor e transmitir isso adiante ou sorrir...

Bom mesmo é ter problema na cabeça, sorriso na boca e paz no coração!


Aliás, entregue os problemas nas mãos de Deus e que tal um cafezinho gostoso agora?


A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso cante, chore,dance e viva intensamente antes que a cortina se feche!
Arnaldo Jabor
________________________________________________________________

The idiocy is vital to happiness.


Annoying people that you want to be serious, deep and visceral ever. Putz! Life's a mess, why do it, moreover, a treaty? Let seriousness to the hours during which it is inevitable deaths, separations, and related pains.

The day-to-day, for God's sake, be stupid! Ria's own defects. And who finds fault with you. Ignore what your loutish boss said. Think about this: who has to carry that ugly face every day, inseparably, it is. Poor him.

Thousands of marriages ended up not for lack of love, money, sex, sync, but the absence of idiocy. Treat your love as your best friend, and ready.

Who says life is good divide with someone who has advice for all, sensible solutions, but can not laugh when he stumbles?

hahahahahahahahaha! ...

Someone who knows how to solve a family crisis, but have no idea how to fill the leisure hours of a weekend? How long have you not go to the movies?

It is quite common people get lost when they end the problems. So, what they will now have no reason to despair?

Unlearned kidding. I do not want someone like me. Do you? I hope not.

Everything is more difficult is more tasty, but ... reality is already hard; worse if dense.

Hard, dense, and very bad.

Play it cool. Got it?

Forget what you talked about being an adult, everything not to play with food, do not talk nonsense, not being immature, do not cry, do not go barefoot, do not make rain.

Jump rope!

Adults can (and should) tell jokes, walk in the park, laughing loudly and lick the lid of the yogurt.

Being an adult is not losing the pleasures of life - and this is the only "no" really acceptable.

Test the theory. A semaninha to begin with.

See and feel things as if they were what they really are:
passing. Wake up in the morning and decide between two things: sulk and pass it along or smile ...

Good is having the same problem on the head, mouth and smile at peace in my heart!

Indeed, given the problems in the hands of God and how about a nice cup of coffee now?

Life is a play that does not allow testing. So sing, cry, dance and live intensely before the curtain closes!
Arnaldo Jabor

Escolhi viver a vida ( I chose to live life )


Escolhi viver a vida como quem sai para uma colheita variada. Ao longo do dia fico apenas observando e quando vem a madrugada, visto minhas roupas pretas, coloco minhas botas e parto em busca do que os outros deixaram para trás. Sua maldição não ecoa no meu espírito. Sou fruto do coito entre a bondade e sua ausência. De um encontro entre o acaso e o destino. De um romance entre a culpa e a luxúria.

Escolhi viver a vida como quem vai a um parque de diversões. Sua incapacidade de me condensar em algo que se torne explicável é mero objeto para o meu deleite. Preciso tanto de aprovação quanto caminho para o seu inverso. Melo minhas mãos com o algodão doce que dissolve na minha língua e logo me bate um enjôo que dá vontade de vomitar. Prefiro a Montanha Russa, detesto girar no mesmo lugar.


Escolhi viver a vida como quem vai pra guerra. Treinei minha pontaria para não dar chance ao alvo de escapar. Aprendi a não sofrer com frio e coloquei um invólucro em torno do meu coração. Ele me protege do medo, permite que todo tipo de sentimento circule por dentro e ainda por cima me protege de qualquer má intenção.


Sou feito de carne, osso e disposição. De músculos, miolos ativos, sinapses em ebulição. Seu amor me conforta quando as armas estão soltando pregos na inútil tentativa de me imobilizar. Minha munição não acaba porque eu mesmo fiz questão de inventar.

Escolhi viver a vida desconsiderando os domingos, a preguiça, a inércia. Meu calendário é feito apenas de sexta feira. Gosto de dançar, de cantar e de bajular a fúria dos meus desafetos. Quando aproveito a luz do dia aproveito para respirar. E logo começam as novas colheitas que hão de me alimentar.

Faço o que quero, o que gosto e o que é preciso.

Sua maldição não ecoa no meu espírito.
Por isso é que você nunca me encontra no mesmo lugar.
Estou constantemente vivendo e fazendo meu caminho.
É inútil tentar me explicar.

Escolhi viver a vida, não apenas sobreviver.

E você?

(Tico Santa Cruz - http://bloglog.globo.com/ticosantacruz/ )
_____________________________________________________________

I chose to live life as who goes to a varied collection. Throughout the day I'm just watching and when dawn comes, because my black clothes, put on my boots and childbirth in search of what others have left behind. Its not curse echoes in my mind. I'm the result of coitus between kindness and his absence. In a meeting between chance and fate. Of a romance between guilt and lust.

I chose to live life as who goes to an amusement park. His inability to condense myself into something that becomes explicable is a mere object to my delight. I need as much approval path for its inverse. Melo my hands with cotton candy that dissolves on my tongue and then I hit a sickness that makes you want to vomit. Prefer the Roller Coaster, I hate turning on the spot.

I chose to live life as who goes to war. I trained my aim not to give chance to the target to escape. I learned not to suffer from cold and put a wrapper around my heart. He protects me from fear, allows any kind of feeling circulate inside and on top protects me from any evil intent.

I am made of flesh, bone and disposal. Of muscles, brains active synapses boiling. His love comforts me when guns are dropping nails in futile attempt to immobilize me. My ammo not just because I even made a point of inventing.
I chose to live life disregarding Sundays, laziness, inertia. My schedule is done only on Friday. I like dancing, singing and cajole the fury of my enemies. When I take the light of day I take breathing. And then start the new crops that will feed me.

I do what I want, what I like and what it takes.
Its not curse echoes in my mind.
That's why you'll never find me in the same place.
I'm constantly living and making my way.
It is useless to try to explain myself.

I chose to live life, not just survive.
And you?

(Tico Santa Cruz - http://bloglog.globo.com/ticosantacruz/)

sábado, 2 de março de 2013

EU POSSO FAZER MAIS QUE ISSO ( I CAN DO MORE THAN THAT )



A mãe, parou ao lado do leito de seu filho de 6 anos, que estava morrendo de leucemia. Embora o coração dela estivesse cheio de tristeza e angústia, ela também tinha um forte senso de determinação.

Como toda mãe, ela desejava que seu filho crescesse e realizasse seus sonhos. Por causa da leucemia terminal, isso não era mais possível.

Ela pegou a mão do menino e perguntou: "Filho, você já pensou o que gostaria de ser quando crescer? "
"Mãe, eu queria ser um bombeiro!"
A mãe sorrindo disse: "Veremos o que posso fazer."

Mais tarde, no mesmo dia, ela se dirigiu ao corpo de bombeiros. Explicou a situação de seu filho e perguntou sobre a possibilidade do garoto dar uma volta no carro dos bombeiros em torno do quarteirão. O chefe dos bombeiros prontamente respondeu: "NÓS PODEMOS FAZER MAIS QUE ISSO! Fique com com seu filho pronto às sete horas da manhã, daqui a uma semana, ele será um bombeiro honorário por todo o dia. Passará o dia no quartel, comerá conosco, e sairá para atender as chamadas de incêndio! E se a senhora nos der as medidas dele, conseguiremos um uniforme, com chapéu e emblema de nosso batalhão, um casaco amarelo e botas iguais aos que usamos também."

Na semana seguinte, o bombeiro chefe buscou o garoto no hospital, o vestiu em seu uniforme de bombeiro e o escoltou do hospital até o caminhão dos bombeiros. O menino foi levado até o quartel central. Ele estava maravilhado. Ocorreram três chamados naquele dia e o garoto esteve presente todos os três. Em cada chamada, ele pode ir em veículos diferentes: no caminhão tanque, na van dos paramédicos e até no carro especial de chefe do corpo de bombeiros.

Todo o amor e atenção que foram dados ao menino por fim o tocaram profundamente, e por isso ele viveu três meses mais do que previam todos os médicos. Até que em uma noite, suas funções vitais começaram a cair muito depressa, então a enfermeira chefe começou a chamar ao hospital toda a família. Lembrando do dia que o garoto tinha passado com os bombeiros, ligou para o chefe, e perguntou se seria possível enviar um bombeiro para o hospital nesse momento de passagem, para ficar ao lado do menino.

O chefe dos bombeiros respondeu: "NÓS PODEMOS FAZER MAIS QUE ISSO! Estaremos aí em cinco minutos. E quando você ouvir as sirenes e vir as luzes de nossos carros, avise no sistema de som que não se trata de um incêndio, e sim o corpo de bombeiros visitando um de seus mais honrados integrantes. E você poderia abrir a janela do quarto dele? Obrigado!"

Cinco minutos depois, a van e o caminhão com escada Magirus chegaram ao hospital, ergueram a escada até o andar onde estava o menino e 16 bombeiros subiram. Com autorização da mãe, eles o abraçaram, e falaram o quanto o amavam.

Com um sopro final, o menino se voltou para o chefe e perguntou: "Sou mesmo um bombeiro?"
"Sim, e você é um dos melhores". Com estas últimas palavras, o menino sorriu e fechou os olhos pela última vez.

E você, frente aos pedidos de seus amigos, filhos e parentes, tem respondido "EU POSSO FAZER MAIS QUE ISSO"?

______________________________________________________________

The mother stood at the bedside of her son 6 years, who was dying of leukemia. Although her heart was filled with sorrow and anguish, she also had a strong sense of determination.


Like any parent, she wanted her son to grow up and fulfill their dreams. Because of leukemia terminal, this was not possible.

She took the boy's hand and asked, "Son, have you ever thought what it would be when you grow up?"
"Mom, I wanted to be a fireman!"
His mother smiling said: "We'll see what I can do."

Later the same day, she went to the fire department. He explained the situation to her son and asked about the possibility of the boy for a ride in fire engine around the block. The chief promptly replied: "WE CAN DO MORE THAN THAT! Take your son ready at seven o'clock in the morning, a week from now, he will be an honorary fireman for the whole day. Pass the day in the barracks, eat with us and leave for answering incoming fire! And if you'll give us his sizes, we'll get a uniform with hat and badge of our battalion, a yellow coat and boots like the ones we used too. "

The following week, the fire chief sought the boy in the hospital, dressed in his fire uniform and escorted him from the hospital to the fire truck. The boy was taken to the fire station. He was amazed. There were three calls that day and the boy attended all three. In each call, he can go in different vehicles: the tank truck, the van of the car until paramedics and special chief of the fire department.

All the love and attention that was given to the boy finally touched him deeply, and so he lived three months longer than doctors predicted all. Until one night, his vital signs began to drop very quickly, then the head nurse at the hospital began calling the whole family. Remembering the day the boy had gone with the fire department, called the boss and asked if it would be possible to send a firefighter to the hospital at this moment of passage, to stand beside the boy.

The chief replied: "WE CAN DO MORE THAN THAT!'ll Be there in five minutes. And when you hear the sirens and see the lights of our cars, let the sound system that it is not a fire, but the fire department by visiting one of its most honored members. And you could open the window to his room? Thank you! "

Five minutes later, the van and Magirus ladder truck arrived at the hospital, raised the ladder to the floor where the child was and 16 firefighters climbed. With the mother's permission, they hugged him, and told how much they loved him.

With his dying breath, the boy turned to the chief and asked, "Am I really a fireman?"
"Yes, and you are one of the best." With these last words, the boy smiled and closed his eyes for the last time.

And you, forward requests for your friends, children and relatives, has responded "I CAN DO MORE THAN THAT"?